quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

RICARDO MOTTA TOMOU POSSE COMO NOVO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RN

imageNa tarde dessa terça-feira [1º] o deputado estadual, Ricardo Motta [PMN], foi eleito por unanimidade, como o novo presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte da 60ª Legislatura. O parlamentar, que ocupou na gestão passada o cargo de 1º secretário presidirá o Poder Legislativo Potiguar durante o biênio [2011 e 2012].

A 60ª sessão plenária foi bastante movimentada no plenário da Casa a família do novo presidente compareceu em peso. As galerias ficaram lotadas de políticos, empresários, representantes da sociedade e a imprensa. Na mesa de trabalhos autoridades como o vice-governador Robinson Faria [PMN], representando a governadora do estado, Rosalba Ciarlini, o procurador do estado, Manoel Onofre, representando a prefeita da cidade, o vice-prefeito Paulinho Freire entre outras autoridades.

imageDepois da sessão preparatória para a eleição da Mesa Diretora cada um dos 24 deputados foram convocados a votarem, nominalmente, para o cargo de presidente. Após ter sido eleito com unanimidade pelos colegas parlamentares o deputado Ricardo Motta recebeu foi saudado pela presidente Márcia Maia que aproveitou para desejar muito sucesso na sua gestão.

Discurso

imageAo ser conduzido a nova colocação o deputado Ricardo Motta disse que assumir a presidência da Assembleia a serviço do povo do Rio Grande do Norte é para ele antes de tudo, colocar-se inteiramente a serviço da população. Ele enfatizou suas três décadas como parlamentar dizendo ter aprendido durante esse tempo a conhecer as necessidades e anseios do povo. A convocação feita pelos meus companheiros parlamentares é uma oportunidade ímpar, de servir a população na cadeira de presidente do Poder Legislativo de atenção aos problemas do estado, é para mim motivo de especial gratidão e quanto me horam neste instante com sua confiança”, destacou.

O deputado externou ainda seu reconhecimento lembrando que poderão encontrar sempre nele não apenas um presidente e sim um amigo. “De fato posso dá o meu próprio testemunho da radical mudança operada nesta Casa, pois quando aqui pela primeira vez cheguei o legislativo se debatia em crônica dependência, mutilado em sua autonomia constitucional por absoluta falta de recursos materiais, e mais graves, pela dificuldade histórica de desvencilhar-se de amarras políticas que faziam dele mero caudatário de opções, ações e decisões governamentais”, apontou.

No discurso o presidente Ricardo Motta ainda apontou que as mudanças de forma mais nítidas que aconteceram durante a gestão do ex-presidente e atualmente vice-governador do estado, Robinson Faria [PMN], a quem aproveitou para prestar homenagem já como manifestação o novo presidente da Casa. Além de expressar a Robinson à gratidão pessoal pela confiança e o apoio recebido, assegurou que os êxitos obtidos por ele em sua administração serão consolidados. “Os passos dados para elevar a Casa no respeito dos nossos conterrâneos não terão recuo”.

imageO presidente continuou dizendo que a missão constitucional não se limitará a insigne tarefa de legislar e fiscalizar, pois o parlamento tem de estar presente em todas e em cada uma das opções administrativas, como participante, em pé de igualdade com os demais setores da administração pública. Ricardo destacou também o dramático quadro de exclusão social que assola o estado que clama por mudanças urgentes e o Poder Legislativo não pode estar ausente deste grande esforço de buscar caminhos para romper o círculo vicioso de estagnação econômica e da pobreza. Esse embate já vem sendo feitos pelo Legislativo por meio dos muitos projetos em prol da sociedade potiguar. Como o Assembleia Cidadã, TV Assembleia, o Instituto Legislativo Potiguar dentre outros. “A continuidade do êxito depende da unidade de ação. Esta unidade depende do apoio de todos os deputados e deputadas, e, repito com eles conto como parceiros permanentes”.

Fiscalização, independência e harmonia

Ele garantiu em sua fala que o governo do estado contará com uma Assembleia vigilante e fiscal e que a relação será de independência, mas de trabalho harmônico para o bem do RN. “Tenho plena convicção, que contaremos com o incentivo da governadora Rosalba Ciarlini, a quem manifesto minha confiança de que com o espírito democrático, haverá de unir os esforços com o Poder Executivo aos nossos trabalhos, para servirmos juntos bem e melhor ao nosso povo”.

O novo presidente também convocou os prefeitos, vereadores e lideranças políticas locais para ajudar aproximar a Assembleia com os sonhos da população do RN. Igualmente conto com os senhores deputados e a todos os servidores desta Casa e a eles asseguro que nosso objetivo é a sua valorização. A todos afinco meu afeto pessoal e confiança, e refiro como exemplo a procuradora da Casa Rita das Mercês. A imprensa, cujos profissionais convivem conosco todos os dias, é indispensável para o êxito da nossa missão. A todos minha saudação, e a certeza de que estarão presentes e atuantes na vida de nossa Assembleia.

Família

image

Iniciemos nosso novo trabalho. Ao dirigir-me a Assembleia pela primeira vez como presidente dizendo que vossas excelências me entregaram a cadeira que um dia já foi ocupada pelo meu pai Clóvis Motta, que também esteve à frente desta Casa [1966-1970], - tendo ocupado ainda os cargos de vice-governador e deputado federal - cuja memória honrada, se Deus me permitir, espero continuar dignificando, cujo nome foi dado a este plenário. Sou grato aos meus familiares a minha mãe Lourdinha Motta, meus filhos Clóvis e Rafael, minhas irmãs, cunhados e a todos os membros da minha família. Por fim ele reiterou o compromisso com a prática democrática: igual aos outros deputados, o presidente será interprete do consenso, conciliador das divergências, garantidor das deliberações majoritárias, guardião dos direitos da minoria, e, enfim um vassalo da autonomia e da independência da nossa Casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mineira de Fé