terça-feira, 6 de julho de 2010

ANALISAR É DIFERENTE DE JULGAR

Com a vida firmada no Senhor, sabemos então que não devemos julgar o próximo, mas  entendemos também que ANALISAR É DIFERENTE DE JULGAR.
Quando em postagem anterior: "concientização do voto Cristão", disse que deveriamos analisar o candidato. Ou seja, sua vida,seu comportamento, apenas para sabermos se para nós é digno de merecer o nosso voto. Apenas isso. O que ele faz de errado ou certo, o problema é apenas dele com o Criador. 

Se este ser humano já tiver sido tornado um filho, terá que prestar constas à Deus. Com certeza. O nosso Pai que está nos céus, nos exorta para crescimento de nossa vida espiritual. Não devemos perder  bênção por nada. Convido a todos a "vigiar e orar" em prol das nossas decisões nas eleições.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mineira de Fé